10 dicas para otimizar seu aprendizado em alemão

Estou muito longe de ser expert em aprendizado de idiomas, mas depois de cometer vários erros no aprendizado do inglês e de oito meses estudando alemão aqui em Munique, aprendi a observar algumas coisas que funcionam para mim e o que não me serve.

Apesar de o processo de aprendizado ter seus altos e baixos, é muito interessante perceber como o idioma mostra muito sobre o modo de pensar e a cultura de um povo! Ainda estou engatinhando no alemão, muito longe do meu objetivo, mas aí vão as minhas dicas do que aprendi até agora com esse processo louco de querer falar esse idioma:

1 – Faça um curso e dedique-se

 

aprender-alemao
Revisão em casa.

A maneira mais fácil de aprender um novo idioma é inscrever-se em um curso, principalmente para os indisciplinados, que teriam dificuldade de manter a frequência estudando sozinhos. E até mesmo para os mais dedicados, existem momentos durante o processo de aprendizado em que estamos supermotivados, e outras situações em que, mesmo estudando, temos dificuldade de assimilar as informações e tudo nos cansa.

Outra vantagem do curso, é que você aprende através de outra pessoa, o professor, e com os colegas e, dessa forma, você acaba aprendendo também com as dúvidas dos outros e, muitas vezes, sobre a cultura e curiosidades do país.

E claro, se você está frequentando (e pagando!) um curso, dedique-se! Vá às aulas, procure entender o conteúdo, pergunte, converse com os outros alunos e faça as tarefas.

2 – Adiante-se no conteúdo

Uma dica para quem se sente um pouco perdido nas aulas ou não está conseguindo acompanhá-las é dar uma olhada no conteúdo antes de ele ser passado no curso. Só de dar uma folheada no assunto, você se prepara e fica mais receptivo para receber aquelas informações, consegue entendê-las e absorvê-las melhor.

3 – Procure materiais extras

Deutsche Welle
Página para aprender alemão da Deutsche Welle.

Receber o conteúdo por diversos meios faz com que você consiga aprender coisas novas, além de reforçar o que você já aprendeu. Em muitos casos, o seu professor pode ter manias de linguagens ou usar sempre as mesmas palavras nas explicações, o que pode deixar o seu vocabulário um pouco limitado.

Esses materiais extras podem ser desde aulas online (por exemplo, da Deutsche Welle), canais do youtube, até aplicativos de celular, como o Duolingo, e podcasts.

4 – Descobrir seu tipo de aprendizado e usá-lo a seu favor

tipo de aprendizado
Tipos de aprendizagem. Fonte: Lendo.org.

Saber qual é o seu tipo de aprendizagem pode ajudá-lo a encontrar ou criar estratégias para que você aprenda com mais eficiência. Basicamente, o aprendiz visual tem facilidade em aprender com gráficos, tabelas e imagens, o auditivo assimila melhor com alguém explicando ou lendo em voz alta o conteúdo para ele, enquanto o cinestésico compreende mais rapidamente na prática ou com métodos mais lúdicos. Entre nesse site para ler mais e ver em qual tipo você se encaixa.

Citando meu exemplo: sou aprendiz visual e tive uma professora que levava cartões com desenhos e palavras novas para aprendermos novo vocabulário. Tínhamos que colocar os cartões com palavras masculinas (der) em um canto da sala, os com palavras femininas (die) em outro e os com palavras neutras (das) em outro. Até hoje, sei o artigo de muitas das palavras que aprendi nesse exercício, porque consigo me lembrar da figura e da localização do cartão na sala de aula.

5 – Buscar livros para o seu nível

Você sabia que pode ler livros em alemão mesmo estando em um nível inicial? Você pode encontrar em bibliotecas públicas aqui ou na Amazon, basta procurar por Easy Readers ou Lektüre für Niveaustufe + seu nível (A1, A2, B1, B2, C1).

Apesar de a gramática e o vocabulário serem bem simples nos livros dos níveis iniciais, para que você consiga entender, sempre se aprende alguma coisa nova. E, pelo menos para mim que gosto de ler, a sensação de terminar um livrinho inteiro lendo em alemão é recompensadora.

6 – Ler em voz alta

 

livro-em-alemao
Meu primeiro livro em alemão.

Com o seu livro em mãos, ou com qualquer outro material em alemão, até mesmo seu livro do curso, leia em voz alta! Quem se identifica com a situação: você estuda bastante, sabe a gramática, escreve bem, sabe formar as frases, sabe os sons das palavras, mas aí na hora de falar sai tudo estranho? Isso acontece porque os sons de cada idioma variam e a nossa boca ainda não sabe como emiti-los do jeito que sabemos que deve ser. Para isso, só a prática.

7 – Ouça o idioma

Para aperfeiçoar a pronúncia e sempre aprender mais sobre como os nativos pronunciam as palavras, escutar o idioma é essencial. Para os iniciantes, o melhor é ouvir músicas e áudio books, os quais você consegue acompanhar com a letra na internet ou pelo livro impresso. Com um pouquinho mais de conhecimento, vale praticar o ouvido com podcasts ou rádio.

8 – Procure grupos de conversação (ou crie um)

Essa foi a solução para o meu maior ponto fraco: o medo de falar errado. É bem diferente conseguir escrever no idioma e falar. Você precisa pegar tudo o que já sabe, escolher o que usar e como usar para conseguir expressar o que está querendo dizer. E tudo isso em segundos durante uma conversa, formando uma frase coerente e gramaticalmente correta. Difícil, né?

Uma opção seria sair fazendo amigos pela rua, em bares, me meter em grupos de alemães, falar tudo errado e ir aprendendo com o tempo. Mas como (infelizmente!) me falta coragem, eu e mais umas colegas do curso de alemão, com as quais eu me sentia bem à vontade, criamos um grupo de conversação e nos reuníamos uma vez por semana para tomar um café e conversar em alemão. Mais tarde, também procurei outros grupos aqui por Munique e acabei encontrando um em que eu me sentia tão à vontade quanto com as amigas do curso!

9 – Saiba qual o seu objetivo com o idioma

Saber o seu objetivo vai direcionar o seu aprendizado. Assim, você sabe no que dar mais ênfase e o que passar mais rápido. Seu objetivo é passar numa prova? Conseguir um tipo específico de visto? Uma viagem? Um trabalho? Você quer se integrar em um país, mas se fazer entender já basta, não sente necessidade de aprender tão bem a gramática? Ou você quer falar o mais parecido possível de um nativo?

10 – Reconheça seus pontos fracos

grupo-de-conversacao-em-alemao
Encerramento 2017 do grupo de conversação.

Dica Bônus!

Super indico o dicionário Leo.org, tanto em app quanto website. As traduções são excelentes e você ainda consegue ouvir a pronúncia da palavra, consultar a conjugação e, em alguns casos, ver exemplos de aplicação em frases ou expressões!

 

O processo de aprendizado de um idioma tem tantos altos e baixos, que praticamente qualquer pessoa vai se sentir insegura e ter dificuldades em algum momento. Refletir sobre essas dificuldades e achar soluções para dribá-las da maneira mais confortável para você (na medida do possível, porque vai ter um pouco de desconforto de qualquer jeito), vai fazer com que a sua aprendizagem fique com menos lacunas.

Citando o meu exemplo: eu sabia que teria medo de falar, então me preparei para ser bem cara de pau nas aulas, perguntar e participar o quanto necessitasse e conseguisse. Só que depois de um tempo, percebi que o tempo das aulas não era suficiente para eu praticar o idioma falado e aí? Bom, já dei spoiler no item 8, a situação mais confortável para mim foi me organizar com as colegas de sala e praticarmos juntas fora da escola!

Uma das melhores coisas que o aprendizado do alemão está me mostrando é como o autoconhecimento é importante e como podemos atingir muito mais quando sabemos mais sobre nós mesmos!

E você? Qual o seu ponto fraco e o que você faz para dribá-lo? E ah! Não esquece de deixar mais dicas de aprendizagem! 🙂

3 Replies to “10 dicas para otimizar seu aprendizado em alemão”

  1. Muito boas as dicas Carol! Cada uma delas faz toda a diferença mesmo. Ler em voz alta ajuda muito a pegar o ritmo do idioma, memorizar vocabulário e praticar a pronúncia. Gosto também de ler em voz alta junto com o áudio, tentando imitar o nativo mesmo heheh. Aqui no https://slowgerman.com/audio/ tem o áudio junto com o script, e como o alemão é falado bem lento, é bem bom para praticar 😉

    1. Obrigada, Karine! Eu já baixei alguns episódios do Slow German e do Deutsch – Warum nicht? pra ouvir. Já ouvi alguns do segundo e logo começo o Slow German. Bom saber que tem essa possibilidade de acompanhar 🙂

  2. […] você mora em um lugar com pouca opção, procure cursos online (nesse post dou algumas dicas de como aprender alemão) e, se não funcionar para você, aprenda outro idioma. […]

Deixe uma resposta