11 dicas de restaurantes típicos próximos a atrações em Munique

Apesar de eu amar planejar os roteiros das minhas viagens, eu raramente pesquiso e incluo restaurantes no meu plano. Primeiro porque eu prefiro focar nas atrações e segundo, porque acabo comendo, na maioria das vezes, em lugares bem econômicos ou mesmo comida de rua.

Só que essa espontaneidade também já me fez passar por situações desconfortáveis durante as minhas viagens, como estar faminta e demorar para encontrar um lugar para comer e algumas experiências desagradáveis, como mau atendimento ou comida ruim.

Munique é cheia de lugares excelentes com comida deliciosa, por isso quero evitar que você que está vindo para cá passe por esse sufoco. Então aí vai meu primeiro alerta: quando na Alemanha, imagino que você queira experimentar a comida local, os restaurantes típicos costumam ser um pouco mais caros.

A boa notícia é que Munique é uma cidade grande e cosmopolita, você encontra restaurantes de culinária de vários lugares do mundo, então quando quiser dar uma economizada, peça um lanchinho alemão, estilo pão com salsicha, ou escolha outra culinária, como comida turca ou asiática.

Minhas dicas aqui serão exclusivamente de restaurantes típicos alemães e tradicionais e vou organizar de acordo com as atrações turísticas da cidade (para ver uma sugestão de roteiro em Munique, clique aqui.) Dessa forma, fica mais fácil de você organizar seu roteiro e pensar em opções de onde comer.

Região da Marienplatz

No centro de Munique é onde fica a maior parte das atrações da cidade e é, portanto, uma região repleta de opções. Além disso, cuidado para não cair em ciladas! Como o local é repleto de turistas, também é fácil encontrar estabelecimentos com um atendimento péssimo.

O belo restaurante da Hofbräuhaus am Platzl.

1 – Hofbräuhaus

A dica mais manjada e mais turistona que você poderia receber de Munique: comer no restaurante da Hofbräuhaus am Platzl. Mas a verdade é que é uma dica realmente valiosa. O local fica em um prédio de mais de 500 anos e a cervejaria já está ali há mais de 200.

Lá você encontra bandinha alemã diariamente, uma grande variedade de pratos típicos, um ambiente parecido com o de um biergarten, com grandes mesas coletivas, e, se você for sortudo, bom atendimento.

Viktualienmarkt

Um ótimo local para saborear as delícias bávaras é o Viktualienmarkt, principalmente em dias de sol e temperatura agradável, já que ele é um mercado municipal a céu aberto.

As várias barracas do mercado oferecem diversos tipos de culinária, além de agradarem a quem quer fazer uma refeição rápida ou se demorar um pouco mais.

Barraca no Viktualienmartk. Foto: HolidayCheck.

2 – Schlemmermeyer (Viktualienmarkt)

Uma opção é fazer um lanche no Schlemmermeyer: uma Bratwurst no Semmel (o nosso famoso pão com linguiça), uma Currywurst mit Pommes (salsicha com batata frita) ou um Leberkäse (pão com uma fatia de bolo de carne de porco). Todos eles são pratos típicos, perfeitos para uma refeição rápida e barata, e são frequentemente a escolha para almoço dos próprios alemães.

Münchner Suppenküche no Viktualienmarkt. Foto: Prinz.

3 – Münchner Suppenküche (Viktualienmarkt)

Se você estiver no clima de uma sopa, sugiro um dos locais mais tradicionais e concorridos do Viktualienmarkt: o Münchner Suppenküche. Refeição leve e barata, os diversos tipos de sopa são deliciosos.

Biergarten do Viktualienmarkt. Foto: Muenchen.de.

4 – Biergarten (Viktualienmarkt)

Já que você está em Munique, uma ideia é aproveitar o próprio biergarten do Viktualienmarkt. Você pega sua refeição em qualquer um dos restaurantes do mercado ou traz algo de casa e pode comer nas mesas do biergarten, contanto que a bebida seja comprada no local.

Outra ideia é comprar comidas variadas em diversas barraquinhas do mercado, como azeitonas, patês, queijos, pães caseiros e frutas, e experimentar todos elas saboreando uma cerveja.

*Os biergartens em Munique funcionam de Março/Abril a Setembro.

O restaurante Ratskeller, no porão da Prefeitura de Munique. Foto: Book a table.

5 – Ratskeller

E se o dia estiver chuvoso e nublado? E se estiver nevando e muito frio? Se você estiver procurando algo mais quentinho, abrigado do tempo ruim e um pouco mais requintado, reserve uma mesa no Ratskeller, o restaurante no porão da Neues Rathaus (Nova Prefeitura). O charmoso local oferece um menu sofisticado de 3 pratos por um valor entre €13,50 a €22 no almoço (até 16h), sendo uma das opções vegetariana.

Você consegue encontrar lugares mais baratos nas redondezas, mas o valor é bem justo pelo local, comida e experiência. As reservas podem ser feitas pelo site, onde você também consegue visualizar o cardápio da semana.

Almoço no Zum Spöckmeier.

6 – Zum Spöckmeier

Ainda a alguns passos da Marienplatz está o restaurante da Paulaner, Zum Spöckmeier. O local é aconchegante, o cardápio oferece tudo que se tem direito a experimentar quando se visita a Baviera e o valor está na mesma faixa que em outros restaurantes tradicionais. Ah, e a comida é deliciosa!

Karlsplatz (Stachus)

No outro lado da Neuhauser Strasse está a Karlsplatz, a praça com o antigo portão da Munique medieval, o Karlstor. A região é repleta de locais para comer, já que é próxima à Estação Central de Munique (Hauptbahnhof), sendo em sua maioria para refeições rápidas, como redes de fast food ou lanchonetes. Apesar de não ser difícil encontrar um restaurante nessa área, aqui vão as minhas sugestões se você estiver na vontade de algo mais alemão.

Interior do Zum Augustiner. Foto: Yelp.

7 – Zum Augustiner

Desde 1829 no local, o restaurante da Augustiner é uma opção para quem está pela área da Karlsplatz e procura um local tradicional. A Augustiner é a cervejaria mais antiga de Munique e está entre as preferidas dos muniquenses.

Olympiapark

Bem diferente do Englischer Garten, fica difícil dizer qual dos dois parques é mais bonito. Colado no Museu da BMW e no Mundo BMW (BMW Welt), é super recomendado visitar essa região, mesmo que com pouco tempo na cidade.

Apesar disso, sempre foi difícil encontrar algo para comer por ali. Mas mesmo que poucas, dá para encontrar algo legal no Parque Olímpico.

Food truck no Olympiapark.

8 – Food Truck

Ao lado do restaurante que fica aos pés da Torre Olímpica (Olympiaturm) existem dois foodtrucks. Um deles tem opções de crepes franceses (amo!) e o outro oferece porções de Currywurst com batata frita ou Bratwurst no pão. Aquele tipo de lanchino rápido que já sugeri lá em cima no Viktualienmartk também.

Biergarten no Olympiapark. Foto: Muenchen.de.

9 – Biergarten Olympiaalm

O pequeno Biergarten Olympiaalm é ainda uma opção para quem quer sentar e relaxar um pouco curtindo a beleza e tranquilidade do Olympiapark.

Originalmente, era apenas uma cantina para os funcionários que ajudaram a construir o parque para os jogos olímpicos de 1972, mas acabou se tornando um biergarten permanentemente.

O local ainda sedia alguns eventos durante o ano, como festas durante a Oktoberfest, festivais de verão, entre outros. E ao contrário de quase todos os outros biergartens, o Olympiaalm fica aberto o ano todo!

Englischer Garten

O Englischer Garten é um dos maiores parques urbanos do mundo e um passeio por ele pode tomar uma boa parte do seu dia (veja aqui uma sugestão de roteiro pelo Englischer Garten). Além de fazer um piquenique no parque, como um local faria, existem outras alternativas para você experienciar a cultura e comida bávara.

Biergarten Chinesischer Turm no Englischer Garten.

10 – Biergarten Torre Chinesa

O mais famoso biergarten de Munique, na Chinesischer Turm, bem no coração do Englischer Garten, é uma dica para uma refeição bem bávara. Além disso, você tem toda a experiência de um biergarten, sendo esse um dos maiores da cidade.

*Os biergartens em Munique funcionam de Março/Abril a Setembro.

Pôr do sol no Seehaus im Englischen Garten.

11 – Biergarten Seehaus

Ainda há mais uma possibilidade de biergarten dentro do parque Englischer Garten: o Seehaus. Mais frequentado por locais, esse biergarten fica um pouco mais afastado do roteiro tradicional dos turistas que frequentam o parque. Considero esse um dos biergartens mais bonitos, rodeado pela natureza do parque e à beira do lago.

*Os biergartens em Munique funcionam de Março/Abril a Setembro.

Seja em um biergarten ou em um restaurante germânico, o importante é fazer da viagem à Alemanha uma experiência completa, conhecendo os pontos turísticos, mas também vivenciando um pouco da cultura e dos hábitos do povo daqui.

E aí, vamos comer onde? Me avisem se quiserem dicas de restaurantes de outros tipos também.

2 Replies to “11 dicas de restaurantes típicos próximos a atrações em Munique”

  1. Olá Carolina !
    Somos do Rio e vamos pela primeira vez para Alemanha .Teremos apenas 2 dias inteiros em Munique e o q eu procurava ,você comentou .Procuramos sempre locais menos turísticos e que “os locais “frequentam quando querem “fugir “da muvuca turística .Sabemos q os pontos turísticos de interesse geral não devem ser esquecidos mas para comer preferimos dicas de alguém q more na cidade e fale português kkk.
    Se puder ajudar em outros pontos agradecemos ,devolveremos o carro perto da estação central,hospedagem em shawbing e volta pelo aeroporto strauss .
    Achamos difícil a escolha de passe de transporte então é mais um ponto q precisamos de ajuda .
    Desde já agradecemos .
    Fernando e Chris casal na faixa de 50 anos e q adora viajar .

    1. Olá, Fernando (e Chris)!
      Vocês vão ficar numa área ótima e visada pelo próprios muniquenses em questões de moradia.

      Bom, comida é sempre um assunto delicado, porque não sei sobre as preferências de vocês. Os alemães costumam comer em restaurantes com culinárias de outros país, no dia a dia, além de os restaurantes alemães serem mais caros. Como vocês terão dois dias em Munique, acredito que o desejo é experimentar a culinária local.

      E aí, dentro disso, alguns alemães que gostam e mantém as tradições (muito forte aqui na Baviera) vão frequentemente em restaurantes tradicionais. Muitos deles, guardam suas canecas no próprio local e fazem parte de grupos frequentes, que são chamados de Stammtisch. A Hofbräuhaus, o restaurante mais turístico possível em Munique, possui mais de 100 desses grupos, atualmente. Ou seja, mesmo lá, vocês verão moradores locais aproveitando junto com os turistas.

      Outras opções próximas às atrações turísticas, mas que não são tão frequentadas por turistas seriam:
      – Augustiner Klosterwirt, fica na rua de trás do agito do centro, bem em frente à Frauenkirche (Igreja de Nossa Senhora). Vejo muitos grupos de alemães encontrando-se nesse restaurante. Curiosidade: foi ali que nasceu a Augustiner, a cervejaria mais antiga de Munique.
      – Haxnbauer, se quiserem comer joelho de porco, já que é a especialidade do restaurante. Fica no caminho entre a Marienplatz e a Hofbräuhaus, mas com muito menos turistas, já que eles vão focados na Hofbräuhaus quando fazem o tour pelo centro da cidade;
      – Biergarten Seehaus, mais ao norte no Englischer Garten. Poucos turistas chegam até lá. A maioria termina o tour pelo parque no biergarten da Torre Chinesa (um dos maiores de Munique, mas cheinho de turistas). O acesso ao Seehaus é um pouco ruim para quem está de transporte público, mas vocês estarão de carro pelo que disse;
      – Augustiner Keller, um restaurante e biergarten bem próximo ao centro (dá pra ir a pé da Estação Central ou de S-Bahn até a estação de Hackerbrücke). Apesar de bem central, também é bem querido e frequentado pelos moradores da cidade.
      – Biergarten Hirschgarten, empatado com o biergarten da Torre Chinesa como maior de Munique. Por ser distante de atrações turísticas e transporte público também é muito frequentado por alemães.

      A maioria dos turistas passa somente 2, 3 dias na cidade. Pelo pouco tempo, eles costumam frequentar os mesmos lugares, próximos à Marienplatz, principalmente. Saindo um pouco dessa região, vocês conseguem encontrar muitos restaurantes mais frequentados pela população local. A própria região de Schwabing, onde vocês pernoitarão, é uma das preferidas para jantar, principalmente pelo público entre 25 – 40 anos. Ali você pode encontrar culinária diversa, como hamburguer no Ruff`s Burger, italiana no Pepenero (amo), japonesa no Fujikaiten e até alguns restaurantes alemães, como o Wirtshaus zur Brez’n.

      Como eu falei, é difícil indicar restaurantes sem saber muito sobre as preferências de vocês, mas espero ter ajudo!
      Qualquer coisa me envie um e-mail no carolinakleinck@gmail.com.

      Aproveitem Munique!
      Abraços.

Deixe uma resposta