O que você precisa saber antes de ir ao Zugspitze

O Zugspitze, a 2.962m de altitude, é o ponto mais alto da Alemanha. Ele fica na divisa da Alemanha com a Áustria, a menos de 100km de Munique, ou seja, o passeio perfeito para um bate-volta! Escrevi um post para o blog Viajadora no qual conto tudo sobre meu dia lá.

Marco-Zugspitze

Marco do Zugspitze no lado da Áustria

Mas, além do relato, gostaria de esclarecer algumas questões de forma mais pontual. Planejar o bate-volta de Munique ao Zugspitze foi prazeroso, mas um pouco complicado, porque pesquisei muito, mas tudo me pareceu um pouco confuso. Organizei o passeio como consegui, mas continuei com muitas dúvidas, que deixei para esclarecer no decorrer do dia e agora conto aqui!

1 O que posso fazer lá em cima?

Nos meses mais quentes, a vista é o maior atrativo, mas eles também disponibilizam trenózinhos para escorregar num restinho de neve, o que pode ser bem divertido, principalmente para aqueles que estarão vendo neve pela primeira vez!

Lá de cima, você também pode atravessar a fronteira com a Áustria, ter uma vista 360° das montanhas, do lago, das cidades lá embaixo. Dizem que nos dias bem claros, se consegue ver as montanhas da Itália e da Suíça. E se você estiver com roupas e calçados de trekking consegue, inclusive, caminhar até o cume de fato (e se não tiver medo de altura!).

Ainda há duas lojinhas de souvernirs, sete restaurantes, sendo que dois são abertos através de reservas ou para eventos e um fica no lado austríaco (mas pode ser utilizado por quem chega pela Alemanha). Uma curiosidade é que a capela que fica lá no alto, a Kirche Maria Heimsuchung, é a estrutura religiosa alemã mais próxima ao céu, por estar a quase 3 mil metros de altitude.

Durante todo o ano, é possível fazer trekking em diferentes pontos da montanha e, durante o inverno, se pode esquiar e fazer snowboard. A temporada dura de novembro a março, dependendo de quando a neve começa a cair.

Zahnradbahn

Mapa do trajeto do Zahnradbahn e o que se pode fazer em cada ponto da montanha

2 Como visitar o Lago Eibsee?

Entre a Estação Zugspitzbahn, ao lado da Estação Central de Garmisch-Partenkirchen lá embaixo, até a Zugspitzplatt, a última lá em cima da montanha, o trem de cremalheira, chamado Zahnradbahn, passa por diversas estações. Esse trajeto todo dura 1 hora e 15 minutos e um dos pontos é o Eibsee, que leva a um lago lindo, de águas cristalinas no verão e que congela no inverno. Dali, se consegue pegar o teleférico Eibseeseilbahn que leva até o cume da montanha no Zugspitze.

Não consegui fazer esse trajeto, porque o Eibseeseilbahn está em reforma até 21 de Dezembro de 2017. Mas quando voltar lá, vou direto ao Zugspitze para garantir de chegar lá quando ainda não tiver muita gente e desço pelo Eibseeseilbahn para conhecer o lago Eibsee.

Eibsee-Zugspitze

Lago Eibsee visto de cima da montanha

3 O que posso comer lá em cima?

Como disse, existem quatro restaurantes que funcionam regularmente lá no alto da montanha. No Sonnalpin Restaurant & Biergarten, no Gletschergarten, no Suppenkar ou no restaurantezinho lá no alto você pode comer desde pratos típicos da Baviera acompanhados com cerveja, tortas, cafés e até sopinhas, inclusive vegetarianas e veganas. Clicando no nome dos restaurantes acima, você consegue visualizar parte do cardápio de cada um, disponibilizado no site do Zugspitze.

Restaurante-Zugspitze

Restaurante com vista para as montanhas!

4 Tem neve nas montanhas?

Sim! Inclusive no verão! Fui no final de Setembro e tinha mais neve do que eu pensei que teria! Vi muitas fotos do verão com pouquíssima neve, mas não encontrei nenhum relato de alguém que tenha ido e não tenha visto nem um tisco de neve.

 

5 Como é a temperatura lá em cima? Que roupa devo usar?

Se prepare para o frio, mesmo se na cidade a temperatura estiver amena. No alto das montanhas venta e é mais frio do que na cidade. Pela minha experiência: na cidade estava uns 18°C e lá em cima 10°C, mas em alguns momento, principalmente bem lá no topo, ventava bastante e parecia estar menos que isso, apesar do sol.

Neve-Zugspitze

Neve no Zugspitzplatt em 23/09/2017

6 Qual ticket devo comprar para conhecer o Zugspitze?

Para visitar o cume, você compra o Zugspitze Ticket, na estação Zugspitzbahn. Ele dá direito à subir e descer da montanha uma vez, e lá em cima você pode utilizar o teleférico que leva ao topo quantas vezes quiser. Como já disse, com esse ticket você também pode parar na estação Eibsee para visitar o lago de mesmo nome e subir com o teleférico Eibseeseilbahn até o cume, ou, se preferir, fazer o trajeto inverso, quando estiver descendo da montanha.

Cume-Zugspitze

Zugspitze!

7 Consigo comprar o ticket antecipadamente?

Não. Você compra seu ticket na hora na própria estação de trem, a Zugspitzbahn. O ticket serve para pegar o trem de cremalheira até o topo, usufruir da montanha e voltar até a cidade.

8 Quanto dinheiro preciso levar para passar o dia no Zugspitze?

O dia todo vai te custar uns €90, considerando rachar o Bayern Ticket com pelo uma pessoa, mais o Zugspitze Ticket e comer lá em cima. Eu gastei €78,25: paguei €10,75 no Bayern Ticket, €53 no Zugspitze Ticket (no inverno custa €43), comi uma sopa umas 11h da manhã por €4,50 e mais um prato de batatas fritas e um pedaço de torta umas 14h por €10.

zugspitze-view

A vista lá de cima!

9 Como e onde pegar o trem de cremalheira que leva às montanhas?

A estação de Garmisch-Partenkirchen, onde chega o trem de Munique, e a estação Zugspitzbahn, de onde sai o trem que leva às montanhas, ficam uma ao lado da outra. Você só precisa seguir as placas (ou o fluxo de pessoas saindo do trem) que chegará lá. A bilheteria fica ao lado de onde sai o trem, é super fácil!

Zugspitzbahn

Estação Zugspitzbahn de onde sai o trem de cremalheira para o Zugspitze

10 Qual o horário de funcionamento?

Durante a temporada de inverno, nos finais de semana e feriados bávaros, o primeiro horário do Zahnradbahn é 7:39, durante a semana fora da temporada de inverno é 8:15. O último trem para descer sai às 16:30 do Zugspitzplatt. Todo o restante da estrutura na montanha funciona de acordo com esses horários, já que é isso que determina quando os visitantes chegam e vão embora.

GaPa

Fachada tradicional no centro de Garmisch-Partenkirchen

11 O que visitar em Garmisch-Partenkirchen?

Muito li que a cidade de Garmisch-Partenkirchen, onde fica o Zugspitze, é muito bonita e valia a visita, mas quando chegamos lá, fiquei um pouco confusa sobre para onde ir para ver a cidade. A parte central da cidade, com as casas de fachadas pintadas e decoradas, fica em um calçadão para pedestres chamado Am Kurpark, a apenas 10 minutos a pé da estação de trem!

Você pode caminhar o calçadão todo, desde o Ponto de Informações Turísticas de Garmisch-Partenkirchen até a Marienplatz. Em ritmo normal de caminhada, esse trajeto leva apenas uns 15 minutos para ser feito. Passear pela cidade por uns 45 minutos depois de descer do Zugspitze é uma ótima maneira de terminar seu dia!

Garmisch-Partenkirchen

Centro da cidade de Garmisch-Partenkirchen

A experiência toda do passeio é maravilhosa, desde estar no trem e começar a ver as montanhas com as pontas nevadas, até poder curtir a neve lá de cima, a vista deslumbrante, e terminar o dia passeando pelo centrinho de Garmisch-Partenkirchen, avistando as montanhas lá no fundo!

 

*todas as fotos nesse post são de minha autoria

  1. Pingback: 60 horas em Munique | Carolina Klein

  2. Pingback: Ideias de bate-volta de Munique | Viagens e vida na Alemanha

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: